segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Fode-me ...


"Fode-me como se me amasses e ama-me como se me quisesses foder, a tua língua na minha pele, a minha língua na tua, e já não se sabe o que é meu e o que é teu, e a verdade é que já não existe meu nem teu, existe um corpo de dois partilhado, uma casa habitada em conjunto onde cada um se diverte como num parque de diversões. Quando se ama, dois corpos juntos são um só parque de diversões."


Pedro Chagas Freitas 
"Sexus veritas"

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Eu te proponho #4


*Não deixar o fogo amainar, avivá-lo com as muitas achas da minha lascívia latente, retirando as cinzas com o sopro vindo do fundo das entranhas, expondo todas as brasas que são momentos de loucura ao embriagar-me em cio com teu doce licor carnal.*

domingo, 6 de setembro de 2015

Sabes(?)


Gosto de homens inteligentes com sentido de humor e libido apurado.
Não gosto de homens cobardes.
Gosto de homens que sejam asseados mas que entendam que o sexo é porco.
Não gosto de homens fracos que não tenham coragem para estar com mulheres fortes.
Gosto de homens arrojados com uma certa dose de loucura.
Não gosto de homens possessivos, ciumentos e inseguros.
Gosto de homens com um pensamentos criativo, desenvoltossimpáticos e que gostem de conversar em vez de apenas falar. 
Não gosto de homens egoísta.
Gosto de homens que assumam o que são mesmo que isso colida com os meus interesses. 
Odeio homens preguiçosos.
Adoro homens que fazem por si, adoro um Gentleman, alias exijo. 
Odeio homens sem educação, nem modos.
Adoro homens eloquentes. 
Odeio homens que não sabem falar, nem querem saber.
E depois, obviamente, adoro homens que fazem sentir especial, única (objecto do seu desejo). 

Enfim, Adoro que me Adorem. E Adoro Adorar.