segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Pensamentos (meus) #6



Na imensidão das palavras perdidas ao vento, são colhidos sentimentos honestos perante a adversidade da distância.

O olhar que te tenho perdido, encontro todas as noites nos meus sonhos, tal como o toque dos teus lábios que sinto na ténue fragrância da brisa de norte.

Talvez um dia sinta o calor do teu coração pulsando dentro de ti, mas agora, cabe-me saber usufruir dos tremores e calafrios que me causas a cada toque desta ilusão...



Sem comentários:

Enviar um comentário