terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Não penses ...

"Não penses no que queres fazer. Pensa, isso sim, no que queres sentir. Não é o acto em si que procuras: é aquilo que esse acto te traz. Não queres a água. Queres a cura para a sede. Queres a sensação plena de sede saciada."

Pedro Chagas Freitas in "In sexus veritas"


Não penses, vem sem medo, sem receio 
... vem e sente a chama que incendeia a alma ...
... vem e sente o calor que emana do corpo ...
Não penses, vem sem medo, sem receio 
... vem e trilha os caminho do desejo ... 
... vem e trilha os caminhos do prazer
Não penses, vem sem medo, sem receio 
... vem e desperta os gemidos contidos ...
... vem e desperta fantasias ... 
Não penses, vem sem medo, sem receio 
... vem e sacia a minha (TUA) sede ...
*** 
Não penses, vem sem medo, sem receio 

1 comentário:

  1. Sim, tudo é verdade, mas porque nos sentimos quase que obrigados ao politicamente correto senão somos olhados como uma qualquer "aberração"?
    Sinto que sou julgado não pelo que faço mas porque digo o que me vai na alma.
    Acho que não faço parte deste mundo!!

    ResponderEliminar