sábado, 10 de janeiro de 2015

Pensamentos Nocturnos #10


Nua sobre a cama, fecho os olhos e o pensamento voa ao encontro das tuas palavras tentando ouvir a tua voz entre os sussurros da noite … do meu corpo brotam as chamas do desejo que por ti sinto. As minhas mãos acompanham esta sintonia e em pequenas carícias sinto-me … e o meu corpo reage, o desejo aumenta e das minhas mãos faço tuas … sinto-me com intensidade e de mim arranco os gemidos deste desejo contido que não omito e a este momento me entrego como se me entregasse a ti … e quase que te sinto … deixo que esta minha visão de ti … controle os meus movimentos, percorro o meu corpo como se esta (re)descoberta fosse tua  … começando no peito em suaves caricias, movimentos circulares, o arrepio provocado pela estimulação, aperto, puxo, acaricio, uma mão que desce ao ventre, humidade que se sente, as pernas que se abrem, o corpo que estremece, o calor que exala, o sexo que espera, sem demora ... húmido quente, os dedos que escorregam …  primeiro as caricias o prolongar do momento, depois um dedo que entra e depois outro a procura daquele ponto que me deixa louca ... o acelerar dos movimentos e o orgasmos tão esperado, o néctar que escorre a vontade de continuar o desejo de ter a observar este meu momento.


[Sinto o teu olhar em MIM]

Sem comentários:

Enviar um comentário