terça-feira, 17 de junho de 2014

"Noite"


Na tua boca mergulho louca de desejos por sentir teu sabor, sentir teu tempero
E volto ofegante para sentir-te inteiro em todos os meus instantes ... como se fossem os últimos...
Entrego-me nos teus braços, procurando na trilha do teu corpo o meu destino, o meu abrigo..
Presa e amordaçada nas tuas fantasias, regada de carinho, húmida pelos teus encantos, faço-me refém das tuas ousadias..
Nossos corpos bailam num mar de intensas ondas.. flutuamos calados, ligados pelos nossos delírios.
Em espasmos de desejo estremeço em todos os meus sentidos,
Entre gemidos e gritos, sinto-te em mim ... conhecedor dos meus delírios ... 
E no silêncio da noite, no calor dos corpos suados, na suavidade do leito adormeceremos cansados..

Sem comentários:

Enviar um comentário