terça-feira, 13 de maio de 2014

*** Doce Mel ***


Segues curioso pela trilha do meu ventre, em busca da flor doce guardada no meu corpo a tua língua avida, desliza pelos meus contornos, lambendo as minhas pétalas rubras em câmara lenta.
Humedeces em rios de prazer a minha flor e dela extrais todo o meu doce mel.

12 comentários: