quarta-feira, 16 de abril de 2014

Surpresa V

Acabamos por adormecer e quando acordamos já era tarde; tomamos um duche rápido, comemos qualquer coisa bem leve e fomos passear!
Não é todos os dias que tenho só para mim e aproveitámos pra namorar bastante!
O dia passou no meio dos beijinhos, dos amassos, dos carinhos enquanto andávamos por aí!
Regressámos a casa ao fim da tarde e cheios de fome!
Como não tinha pensado nem preparado nada para o jantar e aborrecia-me imenso ainda ter que cozinhar, fui ao congelador e resolvi preparar uma "surpresa" …
Tirei vários camarões para grelhar, despi-me (em casa só com o mínimo!...), coloquei uma garrafa Rosé no frio e, enquanto os camarões descongelavam, resolvi ir "aquecer" o meu menino!
Com um sorriso bem maroto, e antecipando a minha ideia, encontrei-o já só com os boxers!...


Enrolámo-nos no sofá, sem tirar o resto da roupa... Apenas com beijos de língua bem molhados, mãos atrevidas a passear pelos corpos, olhares de puro desejo...
Eu já estava bem molhada e ele muito duro, tal era a intensidade da tesão que se acumulava entre nós!
Não avançámos dali... beijos e mais beijos, na boca, no pescoço, na barriga, no meu grelinho, no pau dele, nas pernas, nos rabinhos, nos joelhos...
Quando já não dava para aguentar mais, deixei-o ofegante na sala e fui para a cozinha!
Coloquei apenas um avental, por cima da lingerie e pedi-lhe para ir pondo a mesa!



Os camarões grelharam num instante.
Sentámo-nos à mesa, só com a roupa interior vestida e cheios de desejo!...
Calmamente, fomos bebendo o nosso vinho (deliciosamente fresco) e comendo os camarões, chupando bem cada cabecinha, trincando maliciosamente cada polpinha!...
Entre um camarão e outro, entre um gole de vinho e outro, continuámos a "comer-nos" um ao outro!...
Quando os camarões acabaram, constatámos que a garrafa também já estava praticamente vazia!...
Confesso que me sentia um pouco "tonta", extremamente excitada com o jantar e desejosa de comer a minha sobremesa real!!!!
Fomos até à janela, com as luzes apagadas, para ele fumar um cigarro!...
... ajoelhei-me na frente dele, tirei o seu sexo para fora dos boxers e comecei a chupá-lo!

Sentia-me bastante desinibida e não me preocupei com os vizinhos ou com as pessoas que passassem na rua e pudessem ver o que estávamos a fazer! Não me preocupei com nada disso e, completamente louca de excitação, chupei e lambi avidamente, até quase senti-lo vir-se pra mim!


Ele acabou de fumar o cigarro e voltámos para dentro de casa!
Deitei-me no sofá, de pernas abertas para ele, a convidá-lo para a sobremesa!...
Ele despiu-me a pouca roupa que ainda tinha e passou os seus dedos e a sua língua pelo meu sexo!... Senti-me estremecer só com o seu toque, só com a respiração dele tão perto do meu ponto de prazer!


O ambiente estava extremamente quente, fomos para o quarto!
Eu continuava zonza com todo o vinho que tinha bebido e estava tão cheia de tesão que mal me aguentava!...
Ele continuou a lamber-me, a chupar e mordiscar o meu sexo, podia sentir a sua língua, os seus dedos … e sem cerimónias, vim-me toda para ele!!! Sentia a cama andar às voltas e perdi a noção de tudo, excepto de prazer que estava a sentir!!!

(E A NOITE CONTINUA)

4 comentários:

  1. E aguardemos o fim.
    Mas que bela imagem esta última. Que coisinha gostosa pra chupar!

    Beijo

    ResponderEliminar
  2. Que aventura tão intensa, cheia de paixão e tesão......que vontade de te ler !!
    Bacio

    ResponderEliminar