domingo, 13 de abril de 2014

Surpresa II



Depois de este início de noite sabia que não íamos ficar por aqui … a verdade é que quero mais … e podia ver nos teus olhos … sentir no teu corpo que também desejavas mais …
Ele despiu-se logo na sala, deixando as roupas em cima do sofá; enquanto eu atendi uma chamada no telefone, ele foi ter comigo e, indiferente à conversar que eu estava a tentar ter, acabou de me despir também! Tirou o meu soutien e beijou o meu peito, sugando os mamilos à vez, até ficarem duros de excitação!
Depois, tirou a minha cueca e, assim que desliguei o telefone, empurrou-me pra cima da cama, abriu as minhas pernas …
Ele sorriu, beijou-me com paixão, a sua língua inquieta dentro da minha boca e penetrou-me!


O seu sexo estava bem duro, ansioso por ter e dar prazer, num frenesim elétrico, num "entra e sai" desenfreio que parecia eterno! Esqueci onde estava, quem era, tudo... Toda eu gemia e gritava de prazer!
E tive o 2º orgasmo, mais intenso que o primeiro …
Levantou-se, puxou-me pra ele e levou-me para o duche!
Ficámos de pé, debaixo do chuveiro, eu de costas, curvada, com o meu rabo bem espetado e bem aberta pra ele!


A água caía em cima de nós, qual chuva intensa em tardes invernosas!
Beijámos-mos intensamente, as nossas línguas sempre se desafiando, brincavam, provocavam!
E, enquanto eu me preparava para me vir pela 3ª vez, ele teve um orgasmo intenso! Pude sentir todo o seu prazer dentro de mim! Ele tremia com a excitação e com toda a tesão acumulada dos últimos dias!


Ficámos ainda em pé, enrolados, debaixo da água morna (quase fria), enquanto nos ensaboámos bem devagarinho, muito lascivamente!
Acabámos o duche e estendemos-mos na cama, nus, a relaxar!
Ficámos enroscados um no outro, a dar miminhos, até …………………

(E A NOITE CONTINUA)

Sem comentários:

Enviar um comentário