segunda-feira, 28 de abril de 2014

Porn - Fim


Ela gritou e o seu corpo estremeceu, ele rapidamente saiu de dentro dela e de um só gesto a colocou de quatro sobre a cama com as pernas bem afastadas e voltou a penetra-la bem fundo … ela podia sentir aquele sexo que a preenchia por completo e o balançar do corpo daquele homem que em estucadas profundas a possuía sem compaixão … pelo quarto ecoavam os gemidos e gritos de um prazer incontrolado … no ar sentia-se o cheiro a sexo desenfreado … e os corpos suados que se encaixavam num perfeita e devassa harmonia e naquele momento em que ambos atingiam o clímax e os seus fluidos se misturavam e os seus gemidos em gritos se transformavam … e os seus corpos se contorciam, estremeciam de um aprazer inacabado pois aquela noite parecia interminável … e ele queria possui-la e ela queria que ele possui-se … 


... e sem descanso o seus corpos caíram na cama e as suas mãos, bocas e línguas apoderam-se do sexo um do outro … provando o seu próprio sabor no sexo do outro … sentido o desejo que crescia e se mantinha em ambos e assim continuaram por algum tempo até que ele a voltou a colocar de quatro … e de uma forma animal devassou toda a sua intimidade … ela estremeceu apavorada … nunca o tinha sentido assim tão fundo, tão duro, tão puro … o seu corpo contorcia-se com espasmos sentidos a cada estudada dele e os gemidos sonoros que ela soltava depressa se transformaram em gritos num misto de prazer e dor … o seu corpo balançava ao ritmo que ele imponha … cada vez mais rápido … cada vez mais feroz … cada vez mais animal … até atingirem novamente o clímax … num sonoro e partilhado orgasmo e os seus corpos caíram rendidos sobre a cama … corpos suados agora encaixados … aninhados … que entre as caricias e os beijos procuravam repousar para talvez recomeçar ou simplesmente adormecer …


Sem comentários:

Enviar um comentário