sábado, 18 de janeiro de 2014

Reencontro com o passado (parte I)

Era mais uma noite de saída com as amigas onde o único homem à mesa seria o Jack Daniels e no meio de muita conversa, risadas e copos, eis que surge a um canto do balcão uma imagem do passado … e quando os seus olhos se cursaram depressa aquela noite ganhou um novo rumo.
Depressa se aproximaram e entre os sorrisos disfarçados e os toques subtis das suas mãos, as palavras surradas que ganhavam uma dimensão mais calorosa e por fim um convite para ver o mar … ao que ela respondeu “do teu quarto?” … ele simplesmente sorriu e consentiu.
Saíram sem nada dizer …


Do bar a casa dele eram uns meros 30 minutos … que ambos aproveitaram para se provocarem com pequenos toques maliciosos e palavras de desejo que se soltavam em olhares maliciosos … ele passou a sua mão pelo rosto dela e com os seus dedos contornou os seus lábios e com uma voz rouca disse-lhe “Sabes tenho saudades da tua boca” … ela sorriu afastou-se um pouco colocando o seu corpo numa posição mais confortável e sussurrou-lhe … “abranda não tenhas presa em chegar” … colocou as suas mão sobre o sexo dele e libertou-o das calças que o aprisionavam e foi ao seu encontro …


Começou por beija-lo, acaricia-lo enquanto o introduzia lentamente na sua boca, lambeu-o vagarosamente deixando-o completamente molhado com a sua saliva, sentiu como ele crescia e se contorcia na sua boca … até ele ficar louco de tesão, sentia aquele sexo duro a palpitar na sua boca, conseguia senti-lo a roçar o céu-da-boca … num vai e vem louco roçava na sua língua e ela lambia-o, chupava-o, sugava-o até que sem aviso ele explodiu na sua boca … e o seu néctar quente com um sabor meio “metálico” escorria por ela … e ela o devorava e sentia com ele estremecia num orgasmo intenso quase animal …



… continua …

2 comentários: