segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

E foder ...

“E foder; foder a toda a hora; gostava de ser a mais puta das putas; gostava de foder a toda a hora como uma cadela; como gostaria de ser eu mesma; como gostaria de fazer exactamente o que quero e apenas o que quero; o que eu gostava era de foder a toda a hora; gosto tanto de foder; e em casa é só naquele dia; naquele pobre dia; e é tudo tão mecânico; e é tudo tão sempre igual; a mesma cama; os mesmos gemidos; as mesmas palavras; tudo sempre igual; não queria mudar de homem; não; gosto do meu; amo o meu; mas gostava que ele fosse diferente; ou pelo menos que fizesse diferente; que não fosse sempre a mesma coisa sempre da mesma maneira.
Não queria mudar de homem mas queria mudar de foda: aqui está uma boa definição de amor.”

Pedro Chagas Freitas - In Sexus Veritas



*** Não temos dia ou hora marcada, nada em nós é mecânico, seja na minha ou na tua cama tudo em nós muda quando o desejo de nos sentirmos se apodera de nós e em seus escravos nos tornamos e assim deixamos de ser simplesmente nós e no palco desta vontade outros papeis desempenhamos e assim nos transformamos em vontade, desejo, prazer entre os gritos e os gemidos que soltamos nos momentos que partilhamos e assim nos entregamos … eu a TI … tu a MIM … em mil fantasias que desvendamos ***


12 comentários:

  1. Foder, sim, foder, foder muito. Foder a toda a hora. É como referes, e eu sou assim. Apenas uma diferença, gosto de foder com o meu marido, e dificilmente é igual. Mesmo quando fodemos como fodemos numa noite anterior continua a ser muito bom. Mesmo bom. Adoro foder, foder muito. Foder nem que seja só para foder. Sem fazer amor. Foder à bruta, foder mesmo. Mas também gosto de fazer amor, foder com calma, com meuiguice, com erotismo e romantismo.
    Mas acima de tudo, foder.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Num relação à que manter a chama do desejo

      Bacio
      Peccato

      Eliminar
  2. Gostei do teu desabafo, e acredita que te comprendo, e bem. Eu gosto de inovar cá em casa, mas ela nem por isso, ainda assim, não é quando quero, mas quando existe essa possibilidade aproveito sempre como se fosse a ultima.

    Ontem consegui contrariar a tendencia e fodemos (com uma semana de rebarba) na cozinha virada para o sol quentinho, e a tesão foi tal que tive dois orgasmos bem visiveis (já não me lembrava do ultimo). Foi óptimo, mas confesso que hoje, já sinto vondade de foder de novo quem sabe na varanda... Vamos acreditar que isso vai melhorar.

    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. (*.*)
      Não te imaginava por aqui

      Dolce Bacio per TE

      Eliminar
    2. Pecadora,
      Gostei, do teu blog. Já agora convido-te a visualizar o meu lado pecador no meu blog.
      Deixa o teu comentário.
      Bjs
      Pecador

      Eliminar
    3. Pecador
      Obrigada (*.*)
      Já lá andei a espreitar ^.^
      Bacio per TE
      Peccato

      Eliminar
  3. http://itsnotyouitsme-mp.blogspot.pt/2013/12/a-ler.html

    adorei o teu espaço, a tua autenticidade, a tua honestidade, a tua franqueza.
    e a tua frase de apresentação no cabeçalho é brutal.

    beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada
      Bem vindo a este meu cantinho de pecado

      Bacio
      Peccato

      Eliminar