domingo, 13 de outubro de 2013

Devora-me...

Devora-me de desejo
Deixa-me sem fôlego
Acabe com as minhas ansiedades
Aquieta o meu coração
Acalma o meu desejo
Sente a minha respiração
Acompanhe os meus movimentos
Preenche os meus vazios
Percorre-me palmo a palmo
Sente o meu corpo húmido de desejo
Prova o meu mel
Acaricia-me a minha alma
Bebe do meu néctar
…Anda…
Devora-me!

… Devora-me …
Pelo desejo que despertas em mim
Pelas sensações que me provocas
Anda...
Devora-me assim 

4 comentários:

  1. Ui como gosto(te) de saber assim....

    Beijocas...

    ResponderEliminar
  2. Tantos pedidos, tantas ordens. Tão fáceis...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tantos desejos
      Tantas vontades
      (que se escondem em mim)

      Bacio
      Peccato
      (Bem vindo ao meu cantinho)

      Eliminar