sábado, 18 de maio de 2013

Final de tarde



Final de tarde… o frio lá fora marca a sua presença, no ar a essência do café e dentro de mim o anunciar de horas difíceis…fecho os olhos…O desejo emana na minha pele e explode ao lembrar-me de ti, aí tão longe… dispo-me… é inevitável esta batalha que me consome e fascina, que me alimenta a alma e me transporta no infinito… O meu sexo estremece libertando o elixir do meu ser em puro estado líquido…a minha carne vibra à medida que a combustão entre calor e frio acontece, num instante ardente, sedoso e unicamente meu! As minhas mãos revelam-se com vida e transportam na sua palma a vontade de te sentir, sabendo ao mesmo tempo que tal não é possível pois encontro-me só! Fecho os olhos e numa suave dança saboreio o momento sequioso de ti em que procuro, te desejo em mim … mas não está… Os meus dedos passeiam em mim, provocando-me auspiciosamente e penetram em mim como que um ente desconhecido que me devora e provoca o exalar ultimo do meu estado de alma…
Respiro fundo, abro os olhos e o contacto com a realidade, arrepia-me e é assim que me encontro…

2 comentários:

  1. Não esperes nesse doce alvoroço.
    Vai e possui!
    Beijo,
    Cum to Me

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Doce pecado num momento tão meu


      Bacio per TE
      Peccato

      Eliminar