sábado, 4 de maio de 2013

Eternamente PECADORA



A vida não é tão linear quanto pretendíamos, mas é nas curvas que muitas vezes encontramos razões para viver…
É como a saudade, ela existe porque um dia houve presença e hoje por um motivo qualquer, uma distância….
Gostaria que cessasses teu passado, dele eu não faço parte, mas dá-me o teu presente, porque te deixarei encostar a mim, hoje? Eu não te direi que não…
Deixarei que teus lábios façam amor com tuas palavras e que teus dedos sussurrem por todo meu corpo…
Não estejas triste, nem sempre quando te digo não, possa ser essa vontade, essa verdade, por vezes são provas, para avaliar o suporte da tua palavra…Nunca esqueças que uma atitude vale por mil palavras…
A vida retirou-me a confiança do semelhante e o tempo quis que contigo eu a tentasse recuperar…
A vida são riscos e porque não arriscarmos?
Se amar é um pecado, então serei eternamente uma pecadora...

Sem comentários:

Enviar um comentário