quarta-feira, 17 de abril de 2013

Sonho(te) em MIM


Embrulhada na meia-luz, que envolve o quarto, não consigo dormir, sonho-te, a clareza que a noite amanhece, não apaga a sombra que as tuas mãos deixaram na luz do meu corpo, ainda te respiro, ainda sinto na minha boca, a tua saliva, os saborosos beijos, que as nossas línguas tocaram, os meus lábios estão dormentes, sentem a pressão dos teus, que me beijaram ardentemente sem parar, toda a minha pele ainda te sente, o meu corpo ainda não voltou à forma original, o espaço que preencheste em mim, ainda está pleno da tua presença, do teu mel, do teu AMOR, as minhas mãos acariciam o vazio, e sentem todos os detalhes do teu corpo, como se estivesses aqui, os meus olhos vêem-te colado a mim, quando se fecham, e neste silêncio contido, a minha alma, voa através de loucuras inconfessáveis ao próprio ar, atravessa fronteiras, e chega a ti, beija-te a face, afaga-te os cabelos e sussurra-te ao ouvido, pedindo-te mais...

4 comentários:

  1. É o espaço do teu desejo, da tua intimidade, mas também da tua vulnerabilidade!
    É o esconderijo das tuas palavras mágicas, da tua ternura.
    E é também o recanto dos teus pecados que me levam a pecar contigo.
    Bem hajas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. * Aqui sou a palavra escrita, sentida, sonhada até desejada *


      Bacio
      Peccato

      Eliminar
  2. Incrivel como quando se deseja tão forte,que se sente a presença que não está presente.

    (Soul)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma ausência que atormenta
      Um sonho tão meu
      Um sentir tão intenso

      Bacio
      Peccato

      Eliminar