quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Sinfonia ...


Mãos de pianista acariciando o meu corpo
Encontrando nele as suas teclas 
Afinando as notas
Fazendo surgir uma sinfonia de acordes 
Flamenco em meus seios
Jazz em meu ventre 
Entre as pernas um  fado 
A guitarra nos quadris apoiada sobre a coxa firme do pianista
A mão que acompanha uma valsa 
Gravando na alma a letra da nosso canção
Faz ecoar a voz na alma 
Abrindo o meu corpo ao compasso desta suave sinfonia
Violinos meigos, furtando suspiros 
E a porta antes trancada foi cedendo devagar.
Dando passagem aos oboés, violoncelos, clarinetes
E o pianista avançou
Tacteando 
Dedos cegos que logo encontra o seu lugar na orquestra
Aninham-se na alcova de um órgão em flor
Dedilharam....
Encontrando o ritmo
Sem presa, embalando o corpo
Indo e vindo
Num compasso suave e desejado
Conduzindo a melodia desta nossa sinfonia
Estremecendo num prazer agudo. Palpitante 
Despojando a alma de qualquer temor 
Deixando apenas no ar uma melodia de de prazer carnal

6 comentários:

  1. Respostas
    1. Se não estivesse em sintonia não poderia ser uma Sinfonia ...
      Beijinhos doces

      Eliminar
  2. Bela sinfonia
    Ja participaste no meu DESAFIO PARA ELAS no blog?
    Beijoca charmosa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Passado por lá assim que tiver um tempinho ...
      Beijinhos doces

      Eliminar
  3. Gostei daqui. Vou voltar. :)

    Beijo d'(Ela)

    ResponderEliminar