sábado, 8 de dezembro de 2012

Fazer amor contigo é



Fazer amor contigo é gemer ao toque das tuas mãos, sentir o prazer na carne
Fazer amor contigo é ser prisioneira das tuas fantasias, ser devorada pelo teu olhar
Fazer amor contigo é sentir o desejo à flor da pele, a paixão mais sublime
Fazer amor contigo é ser tocada pela tua presença, saciar a fome do teu beijo 
Fazer amor contigo é mergulhar no teu corpo, na tua boca 
Fazer amor contigo é misturar o nosso cheiro e sabor
Fazer amor contigo é sentir o corpo a contorcer-se num espasmo de prazer 
Fazer amor contigo é roçar o paraíso 


[Um momento de insónia deu nisto]  

1 comentário: