quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Faz-me escrava da tua vontade


Faz-me escrava da tua vontade
Rasga-me a roupa, deixe me louca
Com a tua língua atrevida
Aguça-me a vontade
Puxa-me para ti
Enlouquece-me,
Acende a chama que existe em mim
Acaricia o meu corpo
Causa-me tremor
Invade-me
Faz-me escrava da tua vontade






2 comentários: