sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Desperta-me ...


Desperta-me pela madrugada com os teus beijos ardentes, o teu toque suave que percorre os trilhos do meu corpo ... desperta em mim o desejo que arde ... o sangue que ferve ... a loucura que se instala ... despe a minha alma de preconceito ... faz-me balançar ao teu ritmo ... num balanço lento ... louco ... por vezes insano ... extrai de mim o néctar doce ... sedoso do desejo ... faz-me explodir intensamente ... num gemido cálido ... denso ... terno ... sonoro ... 
Desperta-me assim ... 

[Adaptado a mim] 

2 comentários: