quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Cheia de desejo … tesão … húmida …

Cheia de desejo … tesão … húmida …



Anseio pelos teus dedos, pela tua língua, pelo teu sexo duro, ávido de mim!
Estou pronta! O meu corpo chama por ti! Não preciso de amor, nem de paixão, nem de nenhum desses sentimentos idiotas que tomam conta de nós! Preciso apenas de tesão, de vontade, daquele desejo carnal e irracional, como os animais!
Quero comer-te, devorar-te, chupar-te até te levar à loucura! Quero que implores para eu parar! Quero que te ajoelhes aos meus pés, quero dominar-te, encher-te de mim! O meu corpo não aguenta este crescente de desejo carnal, sequioso do teu mel quente, a escorrer por mim!
Estou aberta, quente, molhada de tesão ...
Os meus dedos estão cansados de me dar prazer ... agora quero os teus! E a tua língua ... essa língua que me lambe, que me chupa, que me faz delirar! Puxas por mim, obrigas-me a ter prazer e fazes-me vir uma e outra vez, quase sem intervalo, sem descanso!

4 comentários:

  1. lindo...
    uma bela inspiração...de desejo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Momentos de inspiração ... de desejo
      Momentos tão meus ...
      Beijinhos doces

      Eliminar
  2. dar-te e comer-te é um prazer ver a vires e vir ao teres prazer... não me encho de ti... me obrigas e eu obrigado agradeço muito bem obedecido...

    ResponderEliminar