sábado, 15 de dezembro de 2012

Brinca comigo ...

...
Brinca comigo ...
...
Toca-me
Sou tua 
Sente as minhas curvas 
Deixa o meu corpo navegar nas linhas das tuas mãos
Deixa que o meu corpo seja uma continuação do teu
Encontra-me 
Porque eu no teu cio me perco 
...
Brinca comigo ...
...
Venda-me para que apenas te sinta 
Para imaginar um mundo só nosso 
Onde os nossos corpos dançam desnudos ... tremulos 
Onde as paredes transpiram a nossa tesão em delírio
Onde o meu corpo ... minha alma cabem nas palmas das tuas mãos 
E os nossos gemidos sejam uma constante 
... 
Brinca comigo ...
...

Sem comentários:

Enviar um comentário