quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Desabafo ...


Hoje apetece-me chorar ... estou triste, profundamente triste 
E eu que até sou uma mulher alegre ... sempre bem disposta  mas sinto-me triste ... e não é só hoje, a verdade é que já ando assim há algum tempo, mas hoje foi um daqueles dias em que foi difícil, extremamente difícil manter o sorriso, mas lá o mantive é bem mais fácil do que responder a um infindável numero de perguntas para as quais por vezes não temos resposta ... ainda por cima se digo que estou triste vem logo a palmadita  nas costas e celebre frase "Mas tu tens tudo para seres feliz" ... isto irrita-me solenemente ... 
Sim tenho um trabalho que adoro, simplesmente faço o que sempre quis ... profissionalmente sinto-me realizada ...
Tenho um circulo razoável de amigos que sei que nutrem um grande carrinho por mim tal como eu por eles e que estão sempre ali quando preciso deles nem que seja para me darem umas valentes orelhadas e por vezes bem que preciso ... AMIGOS DE VERDADE não são aqueles que só nos dão palmaditas nas costas mas sim os que conhecem o nosso pior e mesmo assim gostam de nós ... e assim são os meu amigos conhecem me bem ... bem de mais até ...
A saúde essa podia ser melhor digamos que me encontro em fase de rescaldo ainda me faltam uns anitos para dizer que estou completamente livre ... se é que fico completamente livre disto ... maldito cancro ... mas o que interessa é que estou bem segundo os últimos exames ... digamos que esta foi a melhor noticia do ano ... e agora vão dizer que sim que tenho motivos para ser feliz ... 
Mas a verdade é que me falta algo ... sinto um vazio enorme dentro de mim talvez porque me apaixonei pela pessoa errada ... logo eu que nem sou de paixões ... cai que nem uma tola na cantiga do bandido ... abri o meu coração deixei cair a muralha que me protegia e agora sinto-me completamente perdida ... pensei que ele era diferente mas enganei-me e agora sinto-me usada ... humilhada ... confiei e acabei por ser magoada ... digamos que no campo amoroso não tenho lá muita sorte ... sou ingénua ... uma tola ... talvez por isso ainda acredite no amor ... sim porque eu acredito no amor ... e que um dia talvez um dia volte a encontrar o amor ... até lá vou cuidando de mim  ...  sarando as feridas deixas por este quase amor ... por este desejo de amar que foi unicamente meu ... 

[e desculpem o desabafo mas existem dias assim]

2 comentários:

  1. Minha querida,
    Pensa de outra forma, o que aconteceu foi e já está no passado, eu sei que não é fácil. Mas valeram todos os minutos vividos, a vida é um conjunto enorme, infinito de momentos interligados. Segue em frente! Não vale o esforço de ficares a marcar passo onde já não tem razão de ser.
    Fico feliz pelo noticio sobre a doença! :)


    Beijo grande

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida
      Tentando esquecer mas existe algo que não me deixa fechar esta pagina ...

      Eliminar