segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Quero esquecer que estou magoada por um quase amor …



Quero esquecer que estou magoada por um quase amor …
Vinha a ouvir a rádio no caminho para o hotel [hotel sim … de viagem novamente … a minha vida é assim … hoje aqui … amanhã ali … sem rumo certo] sem escutar as musicas que passavam.
Vinha a pensar que já não sei como se namora. O meu amor foi tão fugaz, tão nas sombras, que já nem sei como é fazer um programa … quando se assume uma relação perante o mundo.

Vinha com os meus pensamentos a vaguearem e a lembrar que até o maior amor que tive o perdi. E até o que pensei ser menor e que afinal não era …
Aliás, perder faz parte de toda uma vida. Parece-me que tudo o que me custou a conquistar, acabei por perder.
Talvez por isso, sempre que me dou e perco, faz-me falta esses pedaços de mim.
Sei que não vou sofrer nem mais nem menos que por todos os outros amores ou quase amores [até parece que foram muitos mas não foram assim tantos como possam pensar], vai ser igual e vai passar … então porque lamentar um quase amor???

Preciso sim de mudar … mudar por dentro e talvez até por fora …
Não quero passar a vida a decepcionar-me com os outros … e isso acontece-me tanto … raios as coisas parecem ser algo e afinal não são … e quando gosto não sei porque mas espero sempre um pouco mais dos outros … enfim talvez seja esse o meu erro.
Tenho pena … porque isto acaba por me tornar mais desconfiada, fria e distante … e eu não queria …

As noites tornam-se longas, dou voltas na cama sem dormir, queria sair por aí, conhecer pessoas novas e perder-me em corpos que nem conheço … se fosse capaz … mas não sou …
E hoje a noite anuncia ser longa e quente [talvez seja eu que estou quente] … uma daquelas noites que abrem o apetite de corpos que se procuram e que suados se completam e se entregam mais e mais sem pudor, que escorregam por entre os dedos quando se querem puxar para nós …

Ai não te ponhas a divagar … que isso até te faz mal … esta falta de amor até deve fazer mal à saúde …

Hoje até que um simples mimo ai bem  … apetecer apetece … mas falta o resto …

É verdade sou mesmo tola … 

Sem comentários:

Enviar um comentário