sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Homens ... Temos Homens ou nem por isso ...



Tenho que confessar ... andam por aí umas espécies masculinas que pura e simplesmente me deliciam.
De verdade.
Nestes últimos tempos, tenho.me dedicado a observa-los um pouco mais, tenho-me rido com vontade. Creio até que tenho os abdominais mais durinhos.
Aparece-me cada um na rifa que só mesmo de mijar-me a rir.
Temos machos, temos machos! Ui...ui... é que até nos endoidecem! (pelos piores motivos, claro)...mas também de homem não se pode esperar muito..., quer dizer de ALGUNS homens, de ALGUNS homens!!! Só ALGUNS!
[Ai credo que ainda me fuzilam. Mas pior é se algum lê isto e se revê nos acontecimentos ... pois quer dizer que estou mesmo fo**da ... ]
Durões, a pensar que estão repletos de charme, que papam todas e mais algumas, que nada que mexe lhes escapa e depois vai-se a ver ... machos que lançam olhares felinos, que se metem numa de quem se quer lambuzar, andam de roda, de roda, fazem dança de acasalamento e tudo e depois ... pois, depois é a melhor parte.
Tenho visto com olhos de ver.
Digamos que nem tenho andado tão distraída, e quando um jeitoso entra já eu me estou a chibar às amigas ... e é estranho porque antes eles entravam, bebiam e saíam e eu nem dava conta [mas antes estava apaixonada ... de certa forma ainda estou ... mas liguei os radares]. 
Isto tem uma parte boa. É que sou a primeira do grupo a ver aqueles aparecem e têm tudo no sítio. Mas o problema dos homens que têm tudo no sítio é que nunca estão no sítio certo.
A minha cama, por exemplo, era o local ideal!! hehehehehehehe
Mas tenho dias, e quando me apetece entrar na brincadeira, entro. Gosto de gajos que sejam muito à frente.
E como diz a minha amiga ...
Notícia do século: Não há. Esqueçam meninas, já não disso. 
Não nos acompanham. Uma gaja dá-lhes uma resposta que não seja SIM ou NÃO e eles ficam com cara de cachorrinhos abandonados, sem saber muito bem o que fazer ou o que dizer e acabam por se ir embora. Desorientadinhos de todo. E cá para mim, creio que vão porque sentem, digamos, não capazes de pedalar ao mesmo ritmo. Se é que me entendem ... 
[Claro, há excepções ... meninos ... ups ainda me fuzilam
E já que aqui me posso chibar, me posso "abrir todinha" que nem uma ostra, que ninguém me conhece, ninguém sabe quem eu sou, vou deixar aqui o meu testemunho de acontecimentos recentes.
Se isto é um confessionário, há que confessar. E já que ajoelhei ... lá vou ter de rezar ...
Deu-me para olhar para ele fixamente, daqueles olhares em que nem se pestaneja. Pronto, era um puto, mas era giro. E eles, mesmo que ainda não estejam no ponto, têm que se ir habituando.
Ele, coitado, já nem sabia muito bem onde colocar as mãos. E eu sem desarmar. Com a maior cara de pau. sem desviar os olhinhos ... [e olhem que os meus olhinhos são lindos]
As amigas a dizerem ah que tal, coitado, esta incomodado ...
Não quero saber.
Gostei. Ganhou "tomates" e veio ter comigo. Eu sorri. Ele perguntou porque estou a olhar para ele. Pronto estragou tudo. ERRADO.
Ele devia dizer que também me achava interessante ou algo do género ... no mínimo OU no máximo, que era um espectáculo ... pronto era uma mentirinha, mas uma mentirinha piedosa [tenho espelhos em casa]. Ficava-lhe bem e eu nem me ia importar, mas o que é que ele fez??? PERGUNTOU-ME. Quis saber o porquê de uma acção minha. Intrometido. Cusco.
Portanto, teve a resposta que mereceu ... euzinha ... [a fingir-me de surpresa].
- Eu? para ti? Não, és muito novo ... era para o teu colega, Tenho estrabismo [mentira], deves ter confundido.
Atitude dele? Enfia o rabinho entre as pernas e vai embora, cabisbaixo. Claro, errado outra vez. Devia ter dito ... É pena ... 
Ok, como confissão: às vezes sou mazinha. Talvez exija demasiado de uma espécie um pouco mais limitada. Mas eles acham-se o sexo forte, que posso fazer??? [pronto lá esta o mau feitio a falar]
Gosto de os testar, ver até onde sabem, podem e querem ir, Mas eles desistem logo à partida!!! Não tenho culpa!!! [é que não tenho mesmo]
Mas há outros ... oh se há ... os que se dizem maduros ... Para mim, maduros mas já com bicho.
- És muito bonita ... (blá blá blá, a conversa de sempre) ... podias dar-me o teu nº de telefone.
- Ah, pois, mas não tenho!
- Não tens telefone? (ele com ar de surpreendido)
- Não! Qual o espanto? Quem quiser que me procure! Gaja que é gaja, no máximo, tem um phone mobile ...
- Então eu dou-te o meu ...
E ele começa a escrever num papelinho o nome e o nº ... eu pego no papel ... fico a olhar e faço-me de estúpida. [adoro, acreditem, fingir-me de burra. Pronto, às vezes sou mesmo]
Pergunto-lhe o que é ... ele diz que é o nome e o nº ...
- Eu não sei ler ... só fiz até à 4ª classe e não tenho treinado muito
Por vezes é complicado dizer, entre estupidez, que não estamos interessadas.
E se bebessem menos, talvez conseguissem raciocinar e pronunciar, pelo menos, uma frase de jeito. Mas eles quando bebem, é um fartote, E mais: bêbados, dizem tudo!! É o máximo ... a minha alma fica deliciada com certos homens. Tenho que dizer isto. É verdade!
Mas há mais ...
- Posso pagar-te uma bebida?
- Não obrigada, já bebi.
- O que bebeste?
- Um café.
- Mas isso não é bebida!
- Não? Que chatice, e agora? Será que me vai fazer mal? É que eu não mastiguei!!!
Ele sorri ... e eu continuo:
- Mas deixa lá, um dos nós tem de estar sóbrio!
Outro pergunta-me como me chamo.
Eu, com maior descontracção, digo-lhe que depende ... se estiver bem-disposta, brasa, boazona ... por vezes parva, não tenho nome certo para me chamar
- E os outros como te chamam? [ATENÇÃO AO PORMENOR, ESTE ESTA LÁ]
- ____. Os outros costumam chamar-me ____. [mas acaham que ia dizer o meu nome aqui ... eheheheheheh ... enganaram-se ... é que não digo mesmo]
Mas o orgasmo é quando me perguntam se me podem conhecer ... hahahahah ...
A um respondi-lhe que o mais certo era ele desistir entretanto. É que nem eu me conheço e já convivo comigo há alguns anitos!
A um outro disse-lhe:
- Depende, se me deixares tocar no teu Sony Ericsson ...
- Mas eu não tenho um Sony Ericsson!
- Não!? Que pena ... então nada feito.
Digo-vos que o Sony Ericsson costuma, ATENÇÃO, costuma vir com um acessório chamado homem de lamber os beiços ... hehehehehehe ... a Sony ainda me vai pagar por lhe fazer subir as vendas do Ericsson ... hehehehehehehe ...
Que m******. Há falta de gajos muito à frente, que nos respondam, que sejam criativos, que tenham humor ... 
Aparecem estes que ficam assim, incrédulos ...
Não entendo ... nem é difícil de acompanhar, mas pronto, a pensarem assim, só com essa cabecinha pequenina, ninguém vos pode pedir muito, né?
Mas deixo a sugestão ... quando forem à "caça" [esta palavra soa tão mal] planeiem com a outra cabeça ... É capaz de dar melhor resultado ...
Claro ... digo eu que nada sei 
[Depois de isto tudo estou FO**DA ... vou ser fuzilada]


2 comentários:

  1. tadita de ti, és mesmo frustrada...

    tu és muita boa...lol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tadita de mim porque ...
      Será que o Anónimo se reviu nas minhas palavras???
      Pois ... temos pena

      Eliminar