quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Desejos ...



Segredos teus em minha pele
Beijos enfeitiçados que me enlouquecem
Sussuros eróticos que me avassalam a alma
O teu respirar quente e seco que me seduz
A tua alma que se torna minha
Vem e toca o meu sexo
Sente o calor que emana 
Não, não me faças esperar mais
Vem tocar-me, vem penetrar-me 
Sente esta paixão que chama por ti, vem 
A tua pele que se torna ardente e húmida
Os teus beijos que me queimam de prazer
Conquistas-me com teu olhar cintilante
A tua boca fervilha de paixão, de tesão
Vem, vem entrar no meu corpo
Sim, entra, não fales nada, silêncio
Entra em meu corpo
Apaga este fogo de desejo, tesão
Queima este calor que sinto
E vem, mas vem em silêncio
Sinto-te em mim, gosto
O teu calor que me consome as 
Entranhas
O sexo que se articula, que se manifesta
E vens, penetras-me e amas-me
O calor que se consome
O amor que se planta, que se guarda
Vem 
Vem em silêncio 

2 comentários: