segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Tenho SAUDADES




Tenho saudades do teu corpo.
Da forma ardente como me beijavas.
Do toque suave e quente das tuas mãos.
Do teu corpo colado ao meu.
Dos teus dedos penetrando-me em estocadas fortes e ritmadas.
Da tua boca nos meus seios.
De ti dentro de mim.

Tenho saudades...
De como nos enrolávamos na minha cama.
De como me davas prazer e me levavas à loucura.
Das fantasias que partilhávamos ao ouvido.
Das palavras provocantes que me dizias.
Dos encontros que marcávamos ao entardecer.
Das promessas de paixão.

Tenho saudades.
Quero-te de novo aqui.
Com a tua boca colada à minha.
Com as tuas mãos nos meus seios.
Com o teu mastro dentro de mim.
Com o teu corpo colado ao meu.
Quero voltar a sentir o teu tesão.
As contrações da minha rata.
O suor do teu corpo.
O gosto dos teus beijos.
O toque das tuas mãos.

Tenho saudades.

2 comentários:

  1. Quando a Saudade dança com a Memória o Corpo estremece... necessita do desafogo do Ente inspirador...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só a saudade é que faz as coisas pararem no tempo...

      Eliminar