domingo, 19 de agosto de 2012

Amores vários ...



“… o amor é navegante e recolhe pessoas neste mar de distraídos, salva vidas. O amor que você narra e a mim dirige é amor primitivo, fora de catálogo, é sorte dos amores ambientais, estão por toda parte, para senti-lo requer apenas querê-lo.
Conceito fugazes do amor? Não creio. Há os amores produzidos e os amores naturais, os amores duros e os refeitos, há os que nascem do peito e os ancestrais, amores vários, todos iguais.”

Martha Medeiros 

Sem comentários:

Enviar um comentário